Notícias

16/01/2019 - Notícias
4 PASSOS PARA HIDRATAÇÃO NO TREINO INDOOR
por RenatoTRI

A medida que seu treino dentro de casa evolui para níveis maiores, é importante ficar focado em sua hidratação. Existem algumas diferenças fundamentais entre o treinamento interno e externo que afetam sua taxa de suor. Neste texto você vai descobrir os 4 passos   para se manter adequadamente hidratado.

 

Durante períodos chuvosos, a maioria de nós treina em casa por pelo menos alguma vezes por mês. Isso normalmente significa passar muitas horas de no smart trainer, na esteira ou na academia.

 

Mas nós realmente suamos mais dentro de casa do que ao ar livre? Para responder isso, é útil entender o que é que nos faz suar em primeiro lugar. A resposta a essa pergunta é bastante óbvia - o calor.

 

Os efeitos do calor

 

Suamos quando nossa temperatura corporal aumenta além de um certo ponto, pois o corpo tem que controlar essa variável para nos manter vivos.

 

O que muitas pessoas não percebem é que o calor gerado pelos músculos em atividade é o maior influenciador da temperatura durante o exercício.

 

A maioria dos atletas faz sessões de "qualidade sobre quantidade" quando treina dentro de casa, mas apenas um verdadeiro masoquista realmente gosta de longas sessões indoor. Isso faz com que a intensidade do treino seja maior do que a que normalmente fazemos ao ar livre. Como resultado, isso leva a mais perda de suor por unidade de tempo.

 

Fluxo de ar e temperatura

 

Há duas outras razões pelas quais muitas vezes parece que você está suando mais dentro de casa do que fora.

 

A primeira razão é o fluxo de ar. Quando você está ao ar livre, você está se movendo através do ar, mesmo em um dia sem vento, você tem um pouco de fluxo de ar. O movimento do ar faz com que o calor seja retirado da superfície do corpo de forma mais eficaz (via convecção e evaporação do suor) e isso o resfria. Em uma bicicleta estática ou esteira, você perde este fluxo de ar e, portanto, o suor tende a escorrer de você. E como não há efeito de resfriamento natural, você provavelmente vai suar um pouco mais para compensar também.

 

O segundo motivo é a temperatura e umidade do ambiente. Seu corpo tenta descarregar calor no ambiente quando você está treinando. Quanto maior o gradiente entre a temperatura do ar, e quanto menor a umidade, mais fácil será evaporar o calor. Como muitos lugares em que o treinamos interno já está bastante quente e úmido, os gradientes de perda de calor e evaporação são menos eficientes do que fora, e isso dificulta ainda mais a termorregulação e aumenta a taxa de suor.

 

Então, embora você não necessariamente sue muito mais em ambientes fechados do que em áreas abertas, há motivos pelos quais a perda total de suor pode ser maior em algum desses ambientes.

Existem cinco passos simples para garantir que você está bem hidratado para a sua sessão de treinamento diário.

 

1. BEM HIDRATADO

 

Como muitas sessões de treinamento interno são curtas e intensas, é importante garantir que você comece bem hidratado, em primeiro lugar. Sua capacidade de termorregulação pela transpiração será maximizada se você começar na forma correta. Procure consumir 500 a 750 ml de água (ou uma bebida eletrolítica) algumas horas antes de sua sessão, para que seu corpo tenha tempo de processar e absorver o que precisa e eliminar qualquer excesso.

 

2. NÃO EXCEDER

 

Não há necessidade de exagerar na quantidade ou no acúmulo imediato. Apenas tente manter boas práticas de hidratação no dia a dia.

 

3. DURANTE A SESSÃO, BEBA A PRIMEIRA

 

Não se esforce mais no treino por ter usado quantidades desnecessárias de liquido.

 

4. QUANDO TERMINADO, CONTINUE HIDRATAR

 

Se você sentir que desidratando, a melhor maneira de fazer isso é por meio tablets eletrolítico ou cápsulas de sal. Ao fazer isso, você dá ao seu corpo a melhor chance de se hidratar totalmente.

 

Quando você treina dentro de casa, não se esqueça de manter a hidratação. Seguir alguns passos simples irá mantê-lo hidratado corretamente e capaz de realizar o seu melhor.