Notícias

22/04/2019 - Notícias
FORMAS DE SE FAZER UMA BOA PROVA

A aptidão física, por si só, não é suficiente para competir num Triatlon. A sua técnica e estratégia que, muitas vezes, têm um papel maior no seu desempenho final no dia da prova. Aqui estão cinco áreas comuns onde os triatletas tendem a perder tempo e como lidar com cada uma delas.

 

Pânico na água

 

Água fria, peixes, algas, largada em massa… todos esses são gatilhos comuns que podem causar um ataque de pânico ou simplesmente fazer com que muitos de nós se sintam ansiosos sobre a natação de um triathlon. Veja como nadar sem se estressar.

 

Aprender a se acalmar com declarações positivas como "estou ansioso, mas estou bem" pode ajudar muito.

Perceba que você não está sozinho. Existem muitos atletas ao seu redor exatamente na mesma situação.

Pratique natação em águas abertas em um grupo para simular as condições da prova antes do dia.

Tome seu tempo entrando na água. Você pode até mesmo ir gradativamente colocando seus braços e rosto antes de colocar sua cabeça na água.

Faça um aquecimento de pelo menos 5-10 minutos.

Comece a prova em uma velocidade confortável e moderada e comece a criar intensidade durante todo o percurso.

Posicione-se para o lado, perto da parte de trás da multidão, e encontre alguns pés amigáveis para seguir.

 

Seguindo a direção certa através da natação

 

Quando treinar para um triatlon, você passará muito tempo na piscina nadando entre as raias. Mas, uma vez que você entra em águas abertas, você pode se ver inadvertidamente desviando o rumo, acrescentando mais tempo e distância à sua natação.

 

Observe mais regularmente as boias para permanecer no curso, mas esteja ciente de que aumentar sua visão pode atrapalhar sua posição corporal. Ao praticar a observação, lembre-se de minimizar o movimento da cabeça para manter o corpo em uma posição melhor para nadar em linha reta.

É comum que os atletas se desviem naturalmente para a esquerda ou para a direita ao nadar. É causada pelo braço que cruza inconscientemente a linha central do seu corpo. Se você perceber que está desviando, tente usar uma máscara de snorkel por algumas séries a cada sessão de treinamento. Isso permite que você observe seus braços enquanto nada, para se manter centralizado.

 

Negligenciando as marchas de Bicicleta

 

O cambio é um dos aspectos mais importantes de uma prova bem-sucedida, mas o caos e a superestimulação no dia da prova podem fazer com que os atletas novatos negligenciem o uso correto de suas marchas para obter o melhor desempenho na bike.

 

Antecipe as mudanças antes dos desníveis chegarem para que você esteja pronto para manter o ritmo. A combinação certa de mudança de marchas e cadência minimiza a fadiga muscular, então, finalmente, você pode ir mais rápido com menos esforço.

 

Demorando demais em transições

 

O relógio está sempre funcionando em um triatlon; sua transição não é uma pausa entre eventos, mas uma oportunidade de ganhar (ou perder) tempo.

 

Pratique a remoção de sua roupa de natação. Mesmo que algumas corridas maiores tenham “staff de wetsuit”, ter a habilidade de remover rapidamente seu próprio equipamento de fato vai colocá-lo na frente.

Pratique colocando seus tênis e meias, pois mudar de uma natação horizontal para uma corrida vertical pode deixá-lo desorientado, e a adrenalina do dia não vai ajudar. Isso ajuda a preparar o seu corpo como no dia da prova e obter esse movimento em sua memória muscular é muito importante.

Pratique colocar e tirar o seu capacete.

Pratique a montagem e desmontagem de sua bicicleta e saiba como você planeja executá-la em sua próxima prova.

Faça o máximo que puder acertando cem por cento. Coloque o seu boné, óculos e porta números enquanto corre em vez de ficar na transição.

 

Corrida

 

A atmosfera competitiva e a emoção das corridas são contagiantes, no entanto, quase todos os triatletas saem com muita velocidade para nadar, pedalar ou correr, fazendo com que eles fadiguem rapidamente e tenham uma corrida fraca.

 

Aprenda a dividir negativamente. Inclua intervalos em seus treinos com o ritmo mais fácil primeiro e, depois, progressivamente, fique mais rápido.

Use tecnologias como frequência cardíaca, GPS e medidores de potencia para criar metas de ritmo mensuráveis.

Treine sua resistência. Ganhe o preparo físico necessário para evitar uma grande queda em sua natação, bicicleta ou ritmo de corrida.